Nina Dobrev Brasil

Bem-vindos ao Nina Dobrev Brasil sua primeira, maior e melhor fonte brasileira sobre a atriz Nina Dobrev, mais conhecida pelo seu papel na série de TV ‘The Vampire Diaries’ como Elena Gilbert, Amara Petrova e Katherine Pierce. Aqui você encontrará informações sobre seus projetos, canal com vídeos legendados, galeria de fotos, entre outros. O nosso site não é afiliado de maneira alguma com Nina, sua família ou seus representantes. Não somos a Nina e não temos o mínimo contato com a mesma. Todo o conteúdo do site, fotos, informações, vídeos e gráficos pertence ao site, a não ser que seja informado o contrário. Site de fãs para fãs, sem fins lucrativos.

“O que acontece depois que você morre?” – Crítica “Além da Morte”

Publicado por na categoria Flatliners, Matéria, Noticias
18.10.2017

Em “Além da Morte” cinco estudantes médicos iniciam uma experiência para descobrir o que há depois da morte, esperando conseguir renome dentro da área. Ao parar seus corações por curtos períodos de tempo, eles disparam uma experiência de quase morte. Mas logo eles são forçados a confrontar os pecados de seus passados enquanto a investigação se torna perigosa e paranormal.

Nós já vimos esta história no clássico “Linha Mortal”, mas não pense que em “Além da Morte” você irá ver mais do mesmo, o remake trás sua própria assinatura neste filme. O diretor Niels Arden Oplev consegue nos prender do início ao fim e nos faz sentir passando pela mesma coisa que os personagens através dos planos utilizados para mostrar como é “a vida pós a morte”. Apesar da história ser um pouco corrida (mal absorvemos uma cena tensa e outro problema aparece), o roteiro não deixa ponta solta de nenhum personagem.

O elenco, porém, é o melhor do filme! O entrosamento entre eles é incrível e a química entre alguns personagens é maravilhosa, tendo o maior destaque para Ellen Page (Courtney) e Nina Dobrev (Marlo), que tem as personagens mais bem exploradas do filme e as melhores cenas de terror. Confesso que esperava mais do Diego Luna (Ray), mas quem acabou a cena roubando a cena foi a Kiersey Clemens (Sophia), que nos faz ter empatia pela personagem rapidamente.

O filme é mais um terror que te dá uns bons sustos e mostra as consequências dos erros que cometemos ao longo da vida, mas que no final passa uma boa mensagem e que nos faz refletir.
P.S.: Para quem assistiu “Linha Mortal”, tem um ótimo easter egg no filme.

Obrigada a Sony Pictures Brasil pelo convite!

Salvar

VARIETY: Confira a análise de “Além da Morte”

Publicado por na categoria Flatliners, Matéria, Noticias
01.10.2017

Como todos nós já sabemos, “Flatliners” ou “Além da Morte” como você preferir chamar, já estreou nos cinemas na América do Norte. O primeiro filme de gênero suspense de Nina Dobrev após sua saída da série “The Vampire Diaries” teve sua estreia na última sexta, 29 de Setembro. Confira abaixo o review da Variety traduzida pela nossa equipe:

– esse post pode conter pequeno spoilers –

O hit de 1990 de Joel Schumacher ganha um remake maçante.
A peça chocante de 1990 de Joel Schumacher “Além da Morte” foi talvez mais notada por assumir uma premissa boba, mas estranhamente atraente (um bando de estudantes de medicina sexy em busca de adrenalina, que intencionalmente morrem para experimentar uma parte da morte) assim como um elenco empilhado de jovens talentos (Julie Roberts, Kiefer Sutherland, Kevin Bacon), e de alguma forma fazendo nada de notável com nenhum deles. Dizendo muito do remake com um visual decente, mas ainda sim maçante do diretor Niels Arden Oplev – não é nada mais que fiel ao original. Por mais inessencial que os remakes sejam, “Além da Morte” encontra um elenco substituto de atores super qualificados, e abaixa suas representações da vida após a morte com alguns efeitos visuais avançados, mas além disso não oferece razão em reanimar essa poesia expirada a tempos.

Ellen Page assume o papel antigo de Sutherland, que estrela como Courtney, uma séria estudante de medicina, que de uma tragédia em sua infância instigou um interesse no pós vida. Ao descobrir uma área não usada no porão abaixo do hospital em que ela é uma médica residente, e talvez movida pelas motivações de amor duro do seu professor irritadiço (Sutherland, aparecendo por puras razões), ela bola um plano para pesquisar atividades cerebrais pós morte ao usar ela mesma como objeto de estudo.

O filme não perde muito tempo explorando o que motivou esta futura médica promissora em arriscar sua vida em nome dessa nebulosa pesquisa, e nem dos dois colegas de estudo que ela recruta para parar seu coração e posteriormente traze-la de volta à vida: Sophia (Kiersey Clemons), sua corajosa amiga assediada por problemas de autoconfiança, e Jamie (James Norton), um imaturo ricaço bonitão que vive em seu próprio iate. Após um curto encantamento de mãos, eles entram no plano – Courtney morre, e o time de efeitos visuais prepara algumas alucinações, se não imaginativas, para ilustrar sua jornada para o grande além. Chegando bem na hora de ajudar a traze-la de volta à vida são Ray (Diego Luna), aquele estudante meio que sensato no grupo, e Marlo (Nina Dobrev), uma residente habilidosa que calça salto agulha durante turnos e retamente exclamas coisa do tipo, “isto não é ciência, é pseudociência!

A princípio, a experiência parece ser positiva. O cérebro de Courtney recebe um avanço, e ela de repente se lembra de detalhes antigos de velhos textos de livros de medicina, despertando inveja em seus super competitivos colegas, os quais querem suas vezes na experiência (Aqui está uma das atualizações mais inteligentes do filme: enquanto que a geração X dos “Flatliners” enganaram a morte por emoção banal, sua geração milenial o faz em busca de um boletim melhor)

Apesar das breves tentativas de nos convencer do contrário, nenhum destes experimentos parecer revelar muito de relativo com a atividade cerebral no pós morte, nem uma faísca de epifanias filosóficas ou teólogas. Entretanto, eles colocam nosso multi grupo de médicos no clima de festa, e o filme gasta cerca de dez minutos de sua duração para acomodar algumas suaves consequências de bebidas, danças e pegação.

No despeito de seu treinamento médico, vem como uma surpresa para nossos heróis a lição de que ao matar – se temporariamente pode trazer algumas consequências não desejadas, e todos eles começam a experimentar visões e alucinações assustadoras. Eles levam um agonizante longo tempo para entender o porquê que isso acontece, e o filme prontamente transfere – se de uma boba volta aos anos 90 para uma completa volta ao terror japonês pleno, cheio de sustos clichês e de figuras zangadas com maquiagem de olhos pretos em vãos de portas.

Por mais maçante que seja, “Além da Morte” nunca afunda no fracasso total, e há talento suficiente por de trás e na frente das câmeras que deixa as coisas no lado certo da competência básica. Os atores fazem o que podem com o material, e Oplev baseia – se em poucas ideias visuais decentes. O que falta, entretanto, é alguma indicação do porquê qualquer um envolvido queira revisitar este material. Enquanto que muitos remakes lutam para se soltarem da sombra de suas sagradas fontes de materiais, o original “Além da Morte” não era nem uma ideia de clássico, fornecendo amplas oportunidades para melhora que este filme teimosamente recusa a aproveitar.

Nina Dobrev se junta ao elenco de “Dog Days” de Ken Marino

Publicado por na categoria Matéria, Noticias
23.09.2017

Pouco mais de uma semana antes do lançamento de “Flatliners” (Além da Morte), Nina Dobrev mantém seus dias cheios com dois novos projetos. Confira a matéria do site Deadline traduzido abaixo:

Atualmente filmando “Lucky Day” de Roger Avary em Toronto, a estrela de The Vampire Diaries, também está se juntando ao elenco de Ken Marino, que está dirigindo com esforço “Dog Days” eu aprendi. Dobrev irá interpretar a anfitriã do “Good Day Seattle“, Elizabeth, na comédia canina conectada do veterinário “West Hot American Summer“. A personagem confia em seu animal de estimação por meio de tensões de vida e trabalho, incluindo os avanços não favorecidos de um colega. Penned por Elissa Matsueda e Erica Oyama, e produzido por Mickey Liddell, Pete Shilaimon, Jennifer Monore e Scott Holroyd, o “Dog Days” está pronto para começar a filmar em Los Angeles no final deste ano.

Antes disto, Dobrev terminará seu papel no primeiro filme dirigindo por Pulp Fiction, co-escrito “Avary“, em mais de uma década. Estrelando com os alunos de “Reservoir Dogs”, Michael Madsen e Luke Bracey, Dobrev é “Chloe” no último esforço para matar Zoe Helmer. A personagem é a esposa de um artista francófona e mãe de sua filha no centro do dia de sorte, que todos ocupam um único dia desagradável.

Samuel Hadida e Don Carmody estão produzindo “Lucky Day“.

Flatliners” estreia dia 29 de Setembro (nos Estados Unidos, 19 de Outubro no Brasil) com Ellen Page e Kiefer Sutherland, Dobrev está também no elenco “Departure” com Maise Williams e Asa Butterfield e também estará estrelando a comédia “Crash Pad” com Christina Applegate e Domhnall Gleeson.

 

 

MATÉRIA TRADUZIDA: Nina Dobrev não usou dublê para “Flatliners”

Publicado por na categoria Entrevista, Matéria, Noticias
18.08.2017

O lançamento de “Além da Morte” (Flatliners) está cada vez mais próximo. O filme de gênero suspense, terá seu lançamento no próximo mês nos Estados Unidos, chegando apenas em Outubro no Brasil. Nina Dobrev deu uma pequena entrevista para o site americano Entertainment Weekley sobre a sua atuação no filme. Confira abaixo:

(mais…)